segunda-feira, 2 de março de 2009

Nada existe sem razão


Nada existe sem razão. Mas porque razão me sinto sem razões para explicar o nada? Será a razão uma parte de mim, daquilo que o nada representa e que essa mesma razão que há em mim teima em não entender? Ou será a razão uma justificação do nada, um simples motivo para aquilo que sinto se transformar no nada e as minhas acções nas razões?

Se nada existe sem razão... Então porque me questiono sem saber o motivo?

6 comentários:

t i a g o . disse...

Porque tens de ir mais fundo, mais fundo, mais fundo... não será para isso a Vida? Para a desfrutares enquanto buscas respostas para as tuas perguntas?...

Um dia hás-de descobrir. E eu também, ou assim o espero.

Tiago

Isa disse...

Patrícia,que bom dedicares o Dia 8
à tua Mãe!
Tenho a certeza que é como dizes.
Beijoo.
isa.

Marta disse...

Nunca estamos satisfeitos e às vezes, temos que encontrar as nossas próprias respostas/razões...
Goza bem a vida...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Cotovia disse...

...às vezes a razão só se percebe muito tempo depois. Nem sempre ela é revelada no tempo dos acontecimentos!Digo eu...

Isa disse...

Há sempre uma RAZÃO!
Ou somos nós k a procuramos...
Beijo.
isa.

Anjo De Cor disse...

Tentamos encontar um porque uma explicação em tudo...
Bjs**