quinta-feira, 21 de agosto de 2008

A minha música favorita de Rui Veloso



"Nunca me esqueci de ti"
Bato a porta devagar,
Olho só mais uma vez
Como é tão bonita esta avenida...
É o cais. Flor do cais:
Águas mansas e a nudez
Frágil como as asas de uma vida
É o riso, é a lágrima
A expressão incontrolada
Não podia ser de outra maneira
É a sorte, é a sina
Uma mão cheia de nada
E o mundo à cabeceira
Mas nunca
Me esqueci de ti
Tudo muda, tudo parte
Tudo tem o seu avesso.
Frágil a memória da paixão...
É a lua. Fim da tarde
É a brisa onde adormeço
Quente como a tua mão
Mas nunca
Me esqueci de ti


Um dos melhores músicos e compositores portugueses!

10 comentários:

Tiago. disse...

Linda linda.

Tiago.

Amanda disse...

Linda linda linda.

rs

Olá!
Obrigada pela visita lá no blog!
Gostei muito dos seus espaços, vou linkar no meu blog.
Apareça mais vezes!

Bjs,
Boa semana!

Lena disse...

"Tudo muda, tudo parte tudo tem o seu avesso... Mas nunca me esqueci de ti"

Adoro!!:D

Beijocas

Alexandre disse...

Esta também é uma das minhas favoritas, entre as dezenas de música dele que fazem parte do meu imaginário - há outras menos conhecidas que são autênticos hinos como, por exemplo, «ninguém escreve à Alice»!

Muitos beijinhos!!!

Isa disse...

Olá! Esta tb.é uma das músicas do R.Veloso de k + gosto. K bom gosto musical tem a minha menina!! Bjo.
isa.

De Amor e de Terra disse...

Olá Patrícia, boa tarde. Obrigada pelo teu comentário no meu Blog.
Gostei de ver no teu, o Rui Veloso; gosto muito de muitas das suas canções.Obrigada pela partilha.
Sempre que der voltarei.
Beijo

Maria Mamede

Marta disse...

Rui Veloso tem músicas maravilhosas...
A minha favorita é Porto Côvo...
Beijos e abraços
Marta

Lena disse...

Obrigada por todas as tuas visitas e pelas palavras que me deixas!:)

Beijinho grande!

Isabela disse...

Parabéns pelo blogue!

Isa disse...

Passei e deixo um "obrigada" e mais umas palavrinhas!!
Kida,acho igualmente mto boa,a reconstrução do Chiado.Siza Vieira foi duma extrema sensibilidade ao fazer e pôr em prática o "Plano para o Chiado".Ñ nego,deixando bem claro isso.Só k, como a tua Mãe e Avó,k viveram o Chiado k ardeu, devem sentir k uma parte da vida delas desapareceu com elas.Verdade?
Uns exemplos:o meu vestido de noiva foi comprado numa dessas casas;a lista de casamento esteve no "José Alexandre";a casa Batalha, datada de 1600 e tal,dividiu-se em vária lojas,perdendo a maravilha das montras mto antigas.Os presentes eram comprados lá; etc, etc.Os meus filhos tb. ñ estão ligados a esses momentos.Mas acho k me entendes, verdade?? Beijo.:)
isa.